18 de fevereiro de 2014

CAMINHO




De onde vem o caminho,
perdido em sombras sutis
- chega como um carinho?
- ou como uma cicatriz?

De onde vem o caminho,
roubado pela floresta
será que prepara um ninho
para pássaros em festa?

De onde vem o caminho,
recortado pelo mato?
Segue longe, tão sozinho
margeando o regato.

De onde vem o caminho,
interroga o caminhante,
se encontra ainda distante..
Para onde vai o caminho?

Eleonora Fonseca, 18/02/2014

Um comentário:

  1. Esse misterio sobre o caminho, é o que faz a vida valer a pena...

    ResponderExcluir